Após fases de terraplanagem e montagem de estruturas subterrâneas, instalações começam a tomar forma.

Principal centro de competições dos Jogos Rio 2016, o Parque Olímpico da Barra começa a tomar forma. Após as obras de terraplanagem, a construção das fundações e a instalação da infraestrutura subterrânea – como redes de água, gás, esgoto, elétrica e drenagem -, as primeiras estruturas externas começam a aparecer.

“As obras do Parque Olímpico estão ganhando velocidade. Todas as obras de fundação das instalações já foram iniciadas e os construtores estão comprometidos com os cronogramas de linha de base. As obras ficarão mais visíveis a partir da montagem das estruturas metálicas das lajes e da cobertura, como é o caso do IBC, que já estão sendo executadas, e dos halls 1, 2 e 3, que serão iniciadas em agosto”, explica Alexandre Techima, diretor de Integração de Infraestrutura do Comitê Rio 2016.

parque-olimpico-barra-rio-2016

Nos três halls Olímpicos, que juntos vão formar o Centro Olímpico de Treinamento (COT) após os Jogos, as obras estão em fase final de fundação e montagem de pilares, com as paredes e primeiras lajes do terceiro pavilhão já em construção.

No Centro Olímpico de Tênis, no Velódromo Olímpico do Rio, no Hall Olímpico 4 e no Estádio Olímpico de Desportos Aquáticos, as obras caminham para a finalização da etapa de fundação, enquanto começa a instalação das estacas metálicas e dos primeiros pilares.

Já no Centro Internacional de Transmissão (IBC), com as obras de fundação, cravação de estacas e execução de blocos em fase final, a construção avança com a concretagem da laje do primeiro pavimento e a estrutura metálica do segundo andar. No Centro Principal de Mídia (MPC), as obras de contenção já foram finalizadas e o serviço de fundações está no estágio final.

As obras do Parque Olímpico da Barra estão previstas para serem entregues entre o segundo trimestre de 2015 e o primeiro de 2016.

Fonte: Rio 2016