O evento-teste de triatlo mal acabou, e a cidade já se prepara para receber mais uma competição preparatória para os Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016. Nesta quarta-feira, dia 5 – exatamente quando se comemora um ano para os Jogos Olímpicos –, tem início um novo evento-teste, de remo, no Estádio da Lagoa. Será o primeiro considerado pelo Comitê Rio 2016 como “major”, ou seja, no qual um grande número de áreas funcionais da empresa estará em atuação.

(Veja aqui o calendário completo dos eventos-teste até os Jogos Rio 2016)

“Um dos aspectos importantes deste evento-teste será o aprendizado em relação à montagem e desmontagem de uma estrutura temporária em área pública”, destaca João Victor, gerente de instalação da Lagoa.

“Estou ansiosa, mas sei que estarei melhor quando a competição começar, porque tudo dará certo. Estamos trabalhando de maneira muito próxima da Federação Internacional, que está nos dando todo o apoio necessário”, diz Colleen Orsmond, gerente de competição do remo.

O evento-teste será o Campeonato Mundial Júnior (até 18 anos) e reunirá 563 atletas de 54 países, número ainda maior do que o esperado para o torneio Olímpico, com 550 vagas. Haverá 13 classes de barco em disputa, apenas uma a menos do que nos Jogos Rio 2016. O Brasil será representado por seis barcos – quatro no torneio masculino e dois no feminino.

Ao contrário do evento-teste de triatlo, em Copacabana, que ofereceu livre acesso ao público, agora há venda de ingressos (por aqui), e a expectativa de Colleen é que a arquibancada de 1.300 lugares (bem menos que os 10.000 assentos previstos para os Jogos Olímpicos) esteja lotada para a final, no domingo (9). Outra diferença importante diz respeito à natureza do evento: enquanto o triatlo garantiu a vaga no Rio 2016 para os três atletas finalistas, entre homens e mulheres, o Mundial Junior não é um evento classificatório para os Jogos Olímpicos.

Durante a competição da Lagoa, o Comitê Rio 2016 terá em ação cerca de 130 funcionários, pertencentes a 25 áreas da empresa, além de mais de 500 voluntários. Além da área de competição, foco central de todos os eventos-teste, as atenções de Colleen estarão voltadas à área de serviço aos atletas, como a garagem de barcos e as instalações de aquecimento.

Ainda no mês de agosto, o Rio receberá mais quatro eventos-teste: hipismo, no Centro Olímpico de Hipismo, entre os dias 6 e 9; vela, na Marina da Glória, entre 15 e 22; ciclismo de estrada, no Forte de Copacabana, dia 16; e maratonas aquáticas, também no Forte de Copacabana, nos dias 22 e 23.

Veja mais informações sobre o evento-teste de remo nos sites do Aquece Rio e da Federação Internacional de Remo.

Fonte: Rio2016.com